TELEORIENTAÇÃO 0800 799 9922 – Pandemia do Coronavírus

Você está aqui:

Saúde Caixa disponibiliza o uso da teleorientação médica durante a pandemia do Coronavírus

Medida vale inicialmente por 90 dias e começa pelos beneficiários do estado de São Paulo

A partir desta quinta-feira (16), os usuários do Saúde Caixa que são atendidos pelo plano no estado de São Paulo poderão realizar consultas médicas à distância.

Para isso, basta que os beneficiários entrem em contato pelo telefone 0800 799 9922.

O serviço estará disponível ininterruptamente, 7 dias por semana, 24 horas por dia.

O uso da telemedicina valerá pelos próximos 90 dias e é mais uma medida adotada pelo banco para enfrentar a crise do Coronavírus, que já fez mais de 1,7 mil vítimas fatais em todo o país.

Até o final do mês, o serviço será ampliado e estará disponível para todos os estados do país.

 Teleorientação médica – o serviço é realizado por equipe multidisciplinar para esclarecer dúvidas dos beneficiários sobre sinais e sintomas por meio de orientação médica e de enfermagem, sustentada por linhas de cuidado e protocolos assistenciais, em especial para os casos do Coronavírus.

Tabulação para informações:
Vector – 4- Atendimento – TELESSAUDE Informações gerais – OPERADOR_VECTOR

Exclusivo para beneficiários do Saúde Caixa
(não inclui atendimento para beneficiários Restritos/PAMS e convênios de reciprocidade)

Beneficiários de convênios de reciprocidade deverão ser orientados a buscar o escritório de seu convênio e verificar se oferecem serviço similar.

A atualização junto às empresas de TELESSAUDE ocorrem a cada 15 dias.
Desta forma, orientar que caso a empresa não esteja conseguindo localizar o beneficiário pode ser por conta da atualização.

Tabulação para beneficiário não localizado pela empresa de Telesaude:
Caixa – 4- Atendimento – TELESSAUDE beneficiário não localizado – 2_NIVEL_CAIXA

NOVO
Quando o titular informa que não está conseguindo atendimento para um dependente na condição de filho/enteado até 21 anos ou menor sob guarda/tutela, o operador deverá verificar na aba matrícula única do SIAGS se o dependente tem CPF cadastrado no Saúde CAIXA.

Caso o campo CPF estiver em brando, deverá ser orientado ao titular regularizar o cadastro de seu dependente com a abertura de alteração cadastral de beneficiário pelo AUTOSC e a inclusão do CPF pois isso está impedindo seu atendimento pelos serviços de medicina a distância.

Após a orientação a demanda deverá ser encerrada no primeiro nível Vector.

TELEORIENTAÇÃO
Perguntas e Respostas

 

1 O que é a Teleorientação?
2 Qual a regulamentação da Teleorientação?
3 Quais os benefícios da Teleorientação?
4 Quais casos são passíveis de atendimento pela Teleorientação?
5 A Teleorientação está acessível a todos beneficiários do Saúde CAIXA?
6 Qual o cronograma de implantação?
7 Como ocorrerá a elegibilidade do beneficiário?
8 Como ocorrerá o fluxo de atendimento na Teleorientação?
9 Qual a especialidade do médico que realizará o atendimento?
10 O médico realizará emitirá receitas, pedidos de exames e atestados?
11 Haverá carência, prazo intervalar entre consultas, para atendimento?
12 Qual o telefone de contato?
13 Qual horário de atendimento?
14 Qual a empresa credenciada para realização da Teleorientação?
15 Haverá custo para o beneficiário?
16. Há necessidade de assinatura das Guias de Atendimento Físicas?
17 Como o beneficiário acompanhará a cobrança de coparticipação?
Última atualização em agosto 06, 2020