Telessaúde

Serviço de saúde à distância, realizado com a ajuda das tecnologias da informação e de comunicação.

Telessaúde

Serviço de saúde à distância, realizado com a ajuda das tecnologias da informação e de comunicação.

Consulte um médico sem sair de casa.

Agora você pode consultar um médico onde estiver, através de vídeo chamada.

7 dias por semana, das 8h às 22h.

Teleorientação

Consulte um profissional de saúde, através do seu telefone.

Clínico Geral ou Enfermagem

24h por dia, 7 dias por semana

0800 799 9922

Consulte um médico sem sair de casa.

Agora você pode consultar um médico onde estiver, por chamada de vídeo no celular.

Teleorientação

Consulte um profissional de saúde, através do seu telefone.

Clínico Geral ou Enfermagem

24h por dia, 7 dias por semana

0800 799 9922

Perguntas e Respostas:

  • A Teleorientação caracteriza-se como a interação à distância diretamente entre paciente e profissional de saúde, sustentada por linhas de cuidado e protocolos assistenciais e atendendo aos preceitos éticos, que contempla o atendimento pré-clínico, de suporte assistencial, de consulta, monitoramento e diagnóstico, por meio de tecnologia da informação e/ou comunicação que garanta a integridade, segurança e o sigilo das informações.

  • A Telemedicina foi regulamentada pelo Governo Federal, Ministério da Saúde e Conselhos de Classe (CFM e COFEN) em caráter excepcional e temporário com o objetivo de operacionalizar as medidas de enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional previstas no art. 3º da Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, decorrente da epidemia de coronavírus (COVID-19).

    Seguem Resoluções e Lei que tratam do tema:

    • Lei nº 13.989, de 15 de abril de 2020;
    • Portaria nº 467, de 20 de março de 2020;
    • Resolução COFEN nº 634/2020;
    • Resolução CFM nº 1.643/2002.
  • A Teleorientação contratada pelo Saúde CAIXA visa propiciar aos beneficiários do Saúde CAIXA orientação de Enfermagem e quando necessário, conforme triagem realizada, atendimento Médico, de forma a sanar dúvidas quanto a seu estado clínico, em especial para os casos do novo Coronavírus, e realizar o devido encaminhamento para resolver as necessidades do paciente.

    Por meio da Teleorientação o beneficiário poderá solucionar suas principais dúvidas em saúde quanto a seu estado clínico, evitando-se deslocamentos e acesso aos Hospitais e Médicos Especialistas em casos caracterizados como de baixa complexidade, diminuindo dessa forma a exposição ao novo Coronavírus e recebendo o devido encaminhamento para atendimento a linha de cuidado secundária nas situações necessárias.

  • Em especial sobre questões do novo Coronavírus, orientações quanto ao isolamento ou encaminhamento a linhas de cuidado secundárias, assim como atendimento a quadro clínico caracterizados como de baixa complexidade e identificação de situações de maior risco que requeiram atendimento especializado.

  • Quando do contato telefônico ou acesso ao site pelo beneficiário, as empresas contratadas realizarão a elegibilidade do beneficiário ao atendimento por meio da informação do número do Cartão do Saúde CAIXA e confirmação dos dados pessoais.

    Todos os beneficiários do Saúde CAIXA, exceto os dependentes Restritos e beneficiários do PAMS.

  • O beneficiário deverá realizar o contato por meio do 0800 quando haverá a confirmação de elegibilidade ao atendimento.

    A ligação será direcionada ao Enfermeiro para Teleconsulta em Enfermagem, para identificação das necessidades do beneficiário, repasse de orientações em saúde, conforme protocolo assistencial definido.

    Caso identificado a necessidade, o Enfermeiro realizará o direcionamento da ligação ao Médico Generalista para realização da Teleconsulta Médica. O médico identificará as necessidades do beneficiário, repassará as orientações em saúde, conforme protocolo assistencial definido, e quando necessário, orientará quanto ao devido encaminhamento para linhas de cuidado secundarias. 

    Na tela consulta, a elegibilidade será feita no endereço www.liviasaude.com.br/entrar, onde será necessário apresentar os dados de beneficiários e a confirmação da triagem eletrônico antes do direcionamento para o profissional de saúde.

  • Os serviços de teleorientação e telessaúde serão realizados exclusivamente por Enfermeiros e Médicos Generalistas.

  • Não há carência para o atendimento. O beneficiário poderá acessar os serviços de teleorientação e telessaúde quando necessário.

  • Qualirede e DASA.

  • Será cobrada a coparticipação de 20% do Titular sobre cada atendimento, obedecendo o teto máximo de coparticipaçao anual, do Titular, no valor de R$ 2.400,00, em conformidade com o RH222.

    Para os serviços acessados da empresa QUALIREDE, haverá cobrança de coparticipação de 20% sobre cada uma das Teleconsultas de Enfermagem e Médica realizadas durante o contato telefônico, conforme atendimento realizado.

    O valor de coparticipação da Teleconsulta de Enfermagem será de R$ 2,16.

    O valor de coparticipação da Teleconsulta Médica será de R$ 9,20.

    Para os serviços de vídeo chamada da empresa DASA, haverá cobrança de coparticipação de 20% sobre cada vídeo chamada, no valor de R$ 11,00.

    A cobrança de coparticipação será realizada em folha de pagamento e proventos e/ou conta corrente, conforme disposto no MN RH222.

  • Não, a elegibilidade ao atendimento e comprovação dos atendimentos se basearão na gravação telefônica.

  • Para consulta a coparticipação cobrada o beneficiário poderá acessar o Demonstrativo Mensal de Despesas por meio do Portal de Serviços do Saúde CAIXA, https://saude.caixa.gov.br/Portal.

  • Beneficiários devem abrir manifestação, por meio do Fale Conosco (http://www.centralsaudecaixa.com.br/fale-conosco/), caso não reconheçam a cobrança de coparticipação por uma consulta online no Demonstrativo Mensal de Despesas do Saúde CAIXA.

  • O Saúde CAIXA tem acompanhado o cenário de saúde no país diariamente para adotar todas as medidas necessárias, visando a continuidade do atendimento aos seus beneficiários e sua segurança. Ao tempo que os Conselhos de Federais de Classes dos profissionais de saúde efetuarem qualquer ajuste ou alteração no teleatendimento, a CAIXA poderá revisar, conforme a situação do momento requeira.

  • Além dos canais exclusivos, o Saúde CAIXA, seguindo as diretrizes dos Conselhos de Classe, permite também que sejam realizados os procedimentos permitidos pelos respectivos Conselhos Federais de Classe dos profissionais de saúde, sendo que os profissionais de saúde, conforme área de atuação, dever seguir estritamente o disposto nas resoluções a seguir:

    MEDICINA: OFÍCIO CFM 1756/2020 COJUR, que reconhece a possibilidade e a eticidade da utilização da telemedicina; Resolução CFM 1.643, de 26.08.2002; Portaria nº 467, do Ministério da Saúde, de 20 de março de 2020;
    ENFERMAGEM: Resolução COFEN nº 634/2020, de 26.03.2020;
    PSICOLOGIA: Resolução CFP Nº 11, de 11.05.2018;
    FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL: Resolução COFFITO Nº 516, de 20.03.2020;
    NUTRIÇÃO: Resolução CFN Nº 646, de 18.03.2020.

  • Assim como nas consultas presenciais, as consultas online na modalidade de Livre Escolha serão reembolsadas com a apresentação do recibo ou nota fiscal do atendimento realizado, e limitado ao valor padrão da tabela de reembolso do Saúde CAIXA.

Perguntas e Respostas:

  • A Teleorientação caracteriza-se como a interação à distância diretamente entre paciente e profissional de saúde, sustentada por linhas de cuidado e protocolos assistenciais e atendendo aos preceitos éticos, que contempla o atendimento pré-clínico, de suporte assistencial, de consulta, monitoramento e diagnóstico, por meio de tecnologia da informação e/ou comunicação que garanta a integridade, segurança e o sigilo das informações.

  • A Telemedicina foi regulamentada pelo Governo Federal, Ministério da Saúde e Conselhos de Classe (CFM e COFEN) em caráter excepcional e temporário com o objetivo de operacionalizar as medidas de enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional previstas no art. 3º da Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, decorrente da epidemia de coronavírus (COVID-19).

    Seguem Resoluções e Lei que tratam do tema:

    • Lei nº 13.989, de 15 de abril de 2020;
    • Portaria nº 467, de 20 de março de 2020;
    • Resolução COFEN nº 634/2020;
    • Resolução CFM nº 1.643/2002.
  • A Teleorientação contratada pelo Saúde CAIXA visa propiciar aos beneficiários do Saúde CAIXA orientação de Enfermagem e quando necessário, conforme triagem realizada, atendimento Médico, de forma a sanar dúvidas quanto a seu estado clínico, em especial para os casos do novo Coronavírus, e realizar o devido encaminhamento para resolver as necessidades do paciente.

    Por meio da Teleorientação o beneficiário poderá solucionar suas principais dúvidas em saúde quanto a seu estado clínico, evitando-se deslocamentos e acesso aos Hospitais e Médicos Especialistas em casos caracterizados como de baixa complexidade, diminuindo dessa forma a exposição ao novo Coronavírus e recebendo o devido encaminhamento para atendimento a linha de cuidado secundária nas situações necessárias.

  • Em especial sobre questões do novo Coronavírus, orientações quanto ao isolamento ou encaminhamento a linhas de cuidado secundárias, assim como atendimento a quadro clínico caracterizados como de baixa complexidade e identificação de situações de maior risco que requeiram atendimento especializado.

  • Quando do contato telefônico ou acesso ao site pelo beneficiário, as empresas contratadas realizarão a elegibilidade do beneficiário ao atendimento por meio da informação do número do Cartão do Saúde CAIXA e confirmação dos dados pessoais.

    Todos os beneficiários do Saúde CAIXA, exceto os dependentes Restritos e beneficiários do PAMS.

  • O beneficiário deverá realizar o contato por meio do 0800 quando haverá a confirmação de elegibilidade ao atendimento.

    A ligação será direcionada ao Enfermeiro para Teleconsulta em Enfermagem, para identificação das necessidades do beneficiário, repasse de orientações em saúde, conforme protocolo assistencial definido.

    Caso identificado a necessidade, o Enfermeiro realizará o direcionamento da ligação ao Médico Generalista para realização da Teleconsulta Médica. O médico identificará as necessidades do beneficiário, repassará as orientações em saúde, conforme protocolo assistencial definido, e quando necessário, orientará quanto ao devido encaminhamento para linhas de cuidado secundarias. 

    Na tela consulta, a elegibilidade será feita no endereço www.liviasaude.com.br/entrar, onde será necessário apresentar os dados de beneficiários e a confirmação da triagem eletrônico antes do direcionamento para o profissional de saúde.

  • Os serviços de teleorientação e telessaúde serão realizados exclusivamente por Enfermeiros e Médicos Generalistas.

  • Não há carência para o atendimento. O beneficiário poderá acessar os serviços de teleorientação e telessaúde quando necessário.

  • Qualirede e DASA.

  • Será cobrada a coparticipação de 20% do Titular sobre cada atendimento, obedecendo o teto máximo de coparticipaçao anual, do Titular, no valor de R$ 2.400,00, em conformidade com o RH222.

    Para os serviços acessados da empresa QUALIREDE, haverá cobrança de coparticipação de 20% sobre cada uma das Teleconsultas de Enfermagem e Médica realizadas durante o contato telefônico, conforme atendimento realizado.

    O valor de coparticipação da Teleconsulta de Enfermagem será de R$ 2,16.

    O valor de coparticipação da Teleconsulta Médica será de R$ 9,20.

    Para os serviços de vídeo chamada da empresa DASA, haverá cobrança de coparticipação de 20% sobre cada vídeo chamada, no valor de R$ 11,00.

    A cobrança de coparticipação será realizada em folha de pagamento e proventos e/ou conta corrente, conforme disposto no MN RH222.

  • Não, a elegibilidade ao atendimento e comprovação dos atendimentos se basearão na gravação telefônica.

  • Para consulta a coparticipação cobrada o beneficiário poderá acessar o Demonstrativo Mensal de Despesas por meio do Portal de Serviços do Saúde CAIXA, https://saude.caixa.gov.br/Portal.

  • Beneficiários devem abrir manifestação, por meio do Fale Conosco (http://www.centralsaudecaixa.com.br/fale-conosco/), caso não reconheçam a cobrança de coparticipação por uma consulta online no Demonstrativo Mensal de Despesas do Saúde CAIXA.

  • O Saúde CAIXA tem acompanhado o cenário de saúde no país diariamente para adotar todas as medidas necessárias, visando a continuidade do atendimento aos seus beneficiários e sua segurança. Ao tempo que os Conselhos de Federais de Classes dos profissionais de saúde efetuarem qualquer ajuste ou alteração no teleatendimento, a CAIXA poderá revisar, conforme a situação do momento requeira.

  • Além dos canais exclusivos, o Saúde CAIXA, seguindo as diretrizes dos Conselhos de Classe, permite também que sejam realizados os procedimentos permitidos pelos respectivos Conselhos Federais de Classe dos profissionais de saúde, sendo que os profissionais de saúde, conforme área de atuação, dever seguir estritamente o disposto nas resoluções a seguir:

    MEDICINA: OFÍCIO CFM 1756/2020 COJUR, que reconhece a possibilidade e a eticidade da utilização da telemedicina; Resolução CFM 1.643, de 26.08.2002; Portaria nº 467, do Ministério da Saúde, de 20 de março de 2020;
    ENFERMAGEM: Resolução COFEN nº 634/2020, de 26.03.2020;
    PSICOLOGIA: Resolução CFP Nº 11, de 11.05.2018;
    FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL: Resolução COFFITO Nº 516, de 20.03.2020;
    NUTRIÇÃO: Resolução CFN Nº 646, de 18.03.2020.

  • Assim como nas consultas presenciais, as consultas online na modalidade de Livre Escolha serão reembolsadas com a apresentação do recibo ou nota fiscal do atendimento realizado, e limitado ao valor padrão da tabela de reembolso do Saúde CAIXA.